BRASIL · PERNAMBUCO · VIAGENS

A fascinante Ilha de Santo Aleixo em Pernambuco

A Ilha de Santo Aleixo é um destino em Pernambuco que ainda não é tão popular entre os turistas. Descobri a ilha ao pesquisar o roteiro da viagem pela internet e não tive dúvidas de que queria conhecê-la. As fotos eram lindas e me passavam a impressão de ser um local com natureza preservada e paradisíaco. Após visitá-la percebi que eu não estava enganada!

Para acessar a ilha é necessário contratar o passeio em uma das empresas de turismo locais. Reservamos com a Sena Turismo, com alguns dias de antecedência, e conseguimos um desconto. Pagamos R$100,00 por pessoa e normalmente as demais empresas cobram R$130,00. A forma de pagamento adotada foi transferência antecipada de 50% do valor e o restante em dinheiro, no dia do passeio.

Um carro da empresa nos buscou na pousada às 08h25 e em seguida fomos encontrar o restante do grupo que também realizaria o passeio. Todos nós fomos remanejados em uma única van e seguimos até a Barra do Sirinhaém. Lá há um ponto de apoio da empresa Monteiro’s Tour, que conta com toaletes, duchas, água, café e área para descanso. A Monteiro’s Tour realiza a travessia dos turistas por meio de lanchas, entre a Barra do Sirinhaém e a Ilha de Santo Aleixo. O trajeto é curto e com emoção (a lancha balança muito! Rsrs). Porém, como a as embarcações comportam poucos passageiros e a empresa segue a ordem de chegada dos grupos ao ponto de apoio para organizar as saídas de lancha, aguardamos por mais ou menos uma hora até sermos levados à ilha.

A Ilha de Santo Aleixo é uma propriedade particular e uma parte dela foi disponibilizada para receber os turistas. O ambiente é tranquilo e agradável. As mesas, cadeiras e guarda-sóis instalados ficam bem distribuídos pela faixa de areia. Na ilha há apenas um quiosque para atender os visitantes, os preços não são altos e aceitam cartão de crédito como forma de pagamento. Pedimos uma porção de calabresa com fritas (R$25,00) e era bem servida.

A areia é bem branquinha e o mar cristalino, mas fiquei um pouco incomodada com a quantidade de algas marinhas e rochas presentes na água.

Trilha guiada pela ilha

O William, um dos guias da Monteiro´s Tour, permaneceu na ilha com os visitantes durante todo o dia. Em um determinado momento, ele convidou todos nós para fazermos uma trilha e conhecermos outras paisagens da ilha. É aconselhado estar calçado durante a caminhada para não machucar os pés. Durante o trajeto foi preciso nos equilibrar entre as rochas (vulcânicas) e passarmos por trechos de difícil acesso. Não sou muito adepta a trilhas deste tipo, mas valeu a pena. A vista é linda e o guia ainda nos contou algumas curiosidades sobre a história do local.

A atração final da trilha é o lado oposto da ilha, onde ficamos por alguns minutos para desfrutarmos do banho de mar. Alguns turistas que estavam com equipamentos de mergulho, ainda aproveitaram a oportunidade para utilizar o snorkel e máscara. Na minha opinião, esta parte da ilha é melhor para nadar. Não tinha algas e as pedras existentes eram grandes e fáceis de serem identificadas.

Para retornarmos ao lado principal da ilha, o guia utilizou um atalho. O percurso foi rápido e sem obstáculos para a caminhada. Por que não fizemos este caminho na ida também?! rsrs

Atividades opcionais e estrutura rústica

Por fim, eu aluguei um Stand Up Paddle, no valor de R$30,00 por trinta minutos, oferecido no quiosque da ilha. Caí algumas vezes, não conseguia me manter em pé e machuquei a perna. Devolvi a prancha antes do tempo previsto! Eles ainda oferecem outras atividades opcionais, como o aluguel de caiaque e de jet ski.

No geral, a Ilha de Santo Aleixo não possui muita estrutura para receber os turistas, não vi nem mesmo toaletes ou duchas pela praia. No entanto, para mim estas coisas não fizeram falta. Gostei de realizar um passeio em um ambiente mais natural, rústico e sem muita interferência do homem.

Pegamos a lancha de volta para a Barra do Sirinhaém às 15h00. No ponto de apoio retiramos a areia do corpo nas duchas e em seguida retornamos à Porto de Galinhas.

Você já esteve na Ilha de Santo Aleixo ou conhece alguma outra ilha que vale a pena visitar?

*OBS: Visitamos a Ilha de Santo Aleixo em janeiro de 2017 e os valores citados no post estão sujeitos a alterações.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s