BRASIL · PERNAMBUCO · VIAGENS

Praia dos Carneiros, um roteiro inesquecível

Na minha opinião, a Praia dos Carneiros, localizada no município de Tamandaré, é um dos destinos que mais encantam os turistas que estão conhecendo a região. Quando comentei com algumas pessoas que eu passaria as férias em Pernambuco, muitos me disseram que eu precisava incluir a Praia dos Carneiros no roteiro. Em 2015 tive a oportunidade de fazer um rápido passeio pela praia, e agora, felizmente consegui retornar e aproveitei ainda mais as belezas do local.

A Praia dos Carneiros fica a 54 km de Porto de Galinhas e a 101 km de Recife. Em ambas as viagens utilizamos os serviços de empresas de receptivos para nos levar até a praia, e o restaurante Bora Bora foi usado como ponto de apoio. Ele conta com estrutura de estacionamento, toaletes, duchas, guarda-volumes, área para descanso, bar e restaurante para receber uma alta demanda de turistas, porém os preços são altos. Para se ter uma ideia, consumimos duas águas de coco, uma água mineral e uma refeição completa (filé ao molho madeira, arroz, batata frita e salada) e pagamos R$126,60 por estes itens.

Contratamos a empresa Adelmo Tur, que incluía o transporte ida e volta à praia e um passeio de Catamarã, no valor de R$80,00 por pessoa. Chegamos a Praia dos Carneiros aproximadamente às 10h00 e o próximo barco com vagas disponíveis sairia somente às 12h10.

Aproveitamos este tempo livre para caminharmos pela praia em direção a famosa Capela de São Benedito, localizada no sentido à esquerda do Bora Bora. Foram 20 minutos de caminhada em ritmo rápido, mas não deixamos de apreciar a paisagem, composta por águas cristalinas, coqueiros e areia branquinha! Esta igreja, construída no século XVIII, é uma das poucas capelas próximas ao mar ainda existentes no Brasil. Atualmente, somente casamentos, renovações de votos e batizados são realizados nela, mas dizem que o valor é alto e as datas restritas.

A igreja permanece fechada em dias que não há eventos, porém isto não tira a beleza do local. Os turistas vão chegando aos poucos para observar e fotografar. Afinal, é lindo o contraste da capela com a natureza, dando um ar romântico e retrô. Para mim, parecia até cenário de novela. Não é à toa que a Globo já gravou algumas cenas lá.

Enquanto esperávamos o horário do passeio de barco, curtimos ainda um pouquinho do mar, com a maré baixa, em frente à capela. A água estava uma delícia, calma e morna.

Retornamos ao restaurante e o passeio de Catamarã sofreu um atraso de quase uma hora!! O chato, é que como não tínhamos a informação de quando o passeio realmente sairia, tivemos que passar este tempo sentados sem nada para fazer. O passeio foi realizado pela empresa JR THUR e o atraso ocorreu porque eles tiveram um problema com outra embarcação aí foi necessário remanejar todos os passageiros em um único Catamarã.

Durante todo o tour recebemos informações de um animado guia da empresa e música ao vivo, com um cantor a bordo. Avistamos mais uma vez a igrejinha, agora de um outro ângulo. Vimos ainda o encontro de três rios com o mar, uma área de mangue e a vegetação local.

A primeira parada, de apenas 15 minutos, foi na praia de Guadalupe, para conhecermos e experimentarmos argilas medicinais. Fomos orientados a passá-la em todo o corpo, esperar secar e em seguida lavar. Para quem ficasse interessado, poderia levar para casa um pouquinho de argila em forma de sabonete ou pó, comercializada por pessoas da região por valores que variam de R$5,00 a R$10,00.

Já a segunda parada foi para tomarmos banho em um banco de areia, no meio do mar. O combinado com o guia é que ficaríamos 15 minutos por lá, mas o mar começou a ficar agitado e com a maré subindo, então fomos chamados para retornarmos ao barco antes do previsto.

O passeio de Catamarã teve duração aproximada de 1h30. Ao término da viagem fomos avisados que o cantor não era contratado pela empresa e vivia de gorjetas dadas pelos turistas. Realizamos o tour por estar incluído no pacote que compramos e por pensarmos que seria interessante. Como tivemos estes imprevistos do atraso, superlotação da embarcação e alta da maré, sinto que o passeio não foi realmente o que eu esperava. Acredito que o melhor seria fazê-lo em uma época de baixa temporada ou contratar uma lancha, para um passeio mais privativo.

Quando retornamos ao Bora Bora só tivemos tempo para o almoço e logo em seguida voltamos para Porto de Galinhas, às 15h30.

Existem ainda outras atividades para serem feitas na Praia dos Carneiros, como o aluguel de Stand Up Paddle, passeio de charrete e conhecer os arrecifes e piscinas naturais, posicionados na praia à direita do Bora Bora. Infelizmente não tivemos tempo de conhecer esta parte da praia, então acho que este é um bom motivo para voltarmos em outra oportunidade, haha. Acho que da próxima vez irei por conta própria, sem depender de empresas de turismo, ou me hospedarei por lá alguns dias.

*OBS: Visitamos a Praia dos Carneiros em janeiro de 2017 e os valores citados no post estão sujeitos a alterações.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s