BRASIL · PERNAMBUCO · VIAGENS

Projeto Hippocampus em Porto de Galinhas

Depois de vermos alguns cavalos-marinhos em seu habitat natural, no passeio ao Pontal de Maracaípe, que falei a respeito aqui, ficamos com vontade de aprendermos mais sobre estes animais.

Em um dia que estávamos com a programação livre, saímos da pousada e fomos a pé ao Projeto Hippocampus seguindo as orientações do GPS. Apesar de estar localizado numa área um pouquinho mais afastada das outras atrações turísticas, a caminhada foi tranquila, o único incômodo foi o Sol, que estava forte no horário.

O Projeto Hippocampus é uma ONG que busca a preservação dos cavalos-marinhos, além de realizar pesquisas e proporcionar aos visitantes o contato com a espécie no museu. É cobrada uma taxa de R$12,00 para visitação.

A área para visitantes é pequena e simples, mas não deixa de ser interessante. Há vários aquários com cavalos-marinhos, peixes, estrelas do mar e lagostas, porém, não é permitido tocar nos animais. Além dos aquários, é exibido um vídeo informativo sobre os cavalos-marinhos e está disponível também um microscópio para visualização de um filhote recém-nascido. Para utilizar o equipamento é necessário pedir auxílio de um funcionário. Achei o filhote tão pequenininho e tão perfeito! Se parece muito com o corpo de um adulto. Muito fofo!

Aprendi algumas curiosidades com o vídeo e com as explicações de uma guia do Projeto Hippocampus. Essas informações foram as que mais me chamaram a atenção:

  • As cores dos cavalos-marinhos são determinadas pela característica genética da espécie;
  • O período de gestação é curto, apenas 12 dias, e são os machos que engravidam;
  • Nascem aproximadamente de 700 a 900 filhotes por gestação;
  • Apenas 1% dos filhotes conseguem chegar a vida adulta.

Ao final da visita tem uma lojinha para compra de souvenires.

O Projeto Hippocampus é um passeio que atrai crianças e adultos e está localizado na Rua Esperança, S/N – Porto de Galinhas, Ipojuca – PE. Está aberto ao público diariamente, de 09h00 às 12h50 e de 14h30 às 16h50.

*OBS 1: Visitamos o Projeto Hippocampus em janeiro de 2017, logo o valor do ingresso citado no post e os horários de funcionamento estão sujeitos a alterações.

*OBS 2: Faço aqui um agradecimento especial à equipe do Projeto Hippocampus, que respondeu ao meu contato solicitando o esclarecimento de dúvidas para a escrita do post.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s